Revitalizada há poucos meses, Unidade de Saúde do bairro Galileia é alvo de depredação

73

A Unidade Básica de Saúde (UBS), do bairro Galileia, revitalizada recentemente e entregue à população, foi alvo de depredação no último final de semana. A ação revoltou moradores e profissionais que atuam no local.

De acordo com a Secretaria municipal de Saúde, vândalos – ainda não identificados – lançaram pedras e pedaços de madeira contra a fachada da UBS, atingindo e quebrando a vidraça da unidade. Nada foi levado das dependências.

Os prejuízos estão sendo calculados. Conforme a pasta, será necessária a instalação de outras peças de vidro, gerando gastos para os moradores do município. Informações sobre a autoria do ato de vandalismo devem ser comunicadas à polícia por meio do 181 ou 190.

No ano passado, a recém-construída Unidade de Saúde do bairro Pinheirinho também foi depredada, gerando revolta na população. Ao tentar invadir a UBS, os infratores se cortaram com estilhaços de vidro, deixando rastros de sangue na unidade.

Na ocorrência de vandalismo ou depredações ao patrimônio público ou privado, os danos causados são punidos pelo crime de dano tipificado no artigo 163 do Código Penal, parágrafo único e incisos. De acordo com o texto, destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia é passível de pena de detenção, de um a seis meses, ou multa.